Concurso PF: É AUTORIZADO portaria PUBLICADA no DOU!

Concurso PF: É AUTORIZADO portaria PUBLICADA no DOU!

Foi publicado no Diário Oficial da União na madrugada desta sexta-feira, dia 20 de abril, a autorização do concurso PF. Na portaria também foi confirmada a distribuição das vagas. São 150 para o cargo de delegado, 60 para Perito, 80 para Escrivão, 30 para Papiloscopista e 180 para o cargo de Agente. Confira:

 

Lançamento da Portaria para o concurso do Departamento da Polícia Federal

>> O Aprovando iniciará o curso presencial para este concurso nos próximos dias, faça agora seu cadastro na lista de interesses para o curso. <<

 

Concurso da PF confirmado pelo ministro da Segurança Pública

Raul Jungmann, ministro da Segurança Pública, confirmou, novamente, na última quarta-feira, dia 18 de abril, que o concurso PF será publicado ainda no primeiro semestre, ou seja, até junho. O edital já está sendo elaborado pelo órgão e os detalhes com a banca organizadora já estão sendo alinhados. Confira o vídeo:

 

 

  

Dúvidas frequentes do concurso PF

O curso de tecnólogo é aceito para ingresso nos cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista?

Os cursos superiores de tecnologia reconhecidos pelo Ministério da Educação são suficientes para atender o requisito da graduação para provimento nos cargos de Agente de Polícia Federal, Escrivão de Polícia Federal e Papiloscopista Policial Federal.

 

Quais são as fases do concurso e quais os requisitos para ingresso nos cargos policiais?

As fases e os requisitos somente serão divulgados quando da abertura dos respectivos concursos. Porém, nos concursos anteriores, você pode fazer a verificação. Geralmente não muda muita coisa de um concurso para o outro.

 

Quais os níveis de escolaridade exigidos para se concorrer aos cargos da carreira policial e aos da carreira administrativa?

A carreira policial exige curso de graduação em estabelecimento de ensino superior, reconhecido pelo MEC – (Ministério da Educação), e a carreira administrativa pede segundo e terceiro graus completos, respectivamente, para nível médio e superior. A lei que trata do assunto é a 9.266/96 alterada pela Lei 11.095/05.

 

Quais os subsídios dos cargos da POLÍCIA FEDERAL?

SUBSÍDIOS PARA CARGOS DA CARREIRA POLICIAL FEDERAL

O subsídio inicial é de R$ 11.983,26, sendo que em 2019 aumenta para R$ 12.522,50, chegando a R$ 18.651,79 no topo da carreira.

 

Há altura mínima, idade máxima, restrição a brasileiros naturalizados ou proibição de uso de tatuagens para o ingresso nos quadros da polícia federal?

Existe restrição apenas quanto à idade, qual seja, ser maior de 18 (dezoito) anos e observar o limite estabelecido para a aposentadoria compulsória.

 

Há vagas para pessoas com deficiência destinadas aos cargos da carreira policial da polícia federal?

Sim, por decisão do Supremo Tribunal Federal serão reservadas vagas aos candidatos com deficiência nos concursos para os cargos policiais. Os candidatos com deficiência serão submetidos a todos os testes, avaliações e exames em igualdade de condições com os demais concorrentes do concurso. A POLÍCIA FEDERAL também disponibiliza vagas para pessoas com deficiência no quadro do Plano Especial de Cargos, carreira de apoio administrativo.

Veja o cenário dos últimos meses

De acordo com dados apontados pelo presidente da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), a corporação conta com uma necessidade de nada menos do que 13.300 servidores.

Além disso, caso o concurso para delegados não seja realizado o quanto antes, a carência de pessoal para o cargo pode chegar a 800 servidores, nos próximos anos, em decorrência de 400 aposentadorias previstas.

Processos para concurso PF avançam

Após meses sem novidades, o processo para a liberação de verbas para a realização dos certames do órgão voltou a avançar no MPOG (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão).

No caso de Escrivão e Agente, o Ministério da Justiça deve encaminhar uma solicitação ao MPOG até o próximo dia 31 para a complementação de verbas, uma vez que o processo que tramita no Planejamento desde 2015, e que voltou a avançar, ainda tratava apenas das carreiras de Perito e Delegado.

Este processo estava parado no MPOG desde junho de 2016, foi redistribuído para diversos setores do MPOG para análise, no último dia 19/05. Com o decreto 8.326, de 10/10 de 2014, o órgão não precisa mais de autorização por parte do MPOG para realizar novos concursos, necessitando apenas de um parecer do órgão sobre as condições financeiras para o preenchimento das vagas.

Vagas

As 1.758 vagas que a PF pretende preencher são:

  • 600 para Agente; 
  • 600 para Escrivão;
  • 461 para Delegado;
  • 67 para Perito.

Remuneração

Agente e Escrivão: R$ 11.897, já incluindo auxílio-alimentação de R$ 458.

Delegado: R$ 22.102,37.

Nível

Agente e Escrivão:

  • Superior completo em qualquer área;
  • CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria B ou superior;

Delegado:

  • Bacharelado em Direito, com experiência mínima de 3 anos em atividades jurídicas ou policiais.

Já para o cargo de Perito da PF, a formação exigida irá depender da área de atuação, que pode variar em até 18 categorias, que ainda não foram divulgadas.

~Ambos os cargos necessitam de carteira de habilitação na categoria “B” ou superior.~

O que faz um Delegado da PF?

As funções de um Delegado da PF são: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação, orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais, participar do planejamento de operações de segurança e investigações, supervisionar e executar missões de caráter sigiloso, participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o Órgão na consecução dos seus fins.

O que faz um Perito da PF?

As funções de um Perito da PF são: realizar exames periciais em locais de infração penal, realizar exames em instrumentos utilizados, ou presumivelmente utilizados, na prática de infrações penais, proceder pesquisas de interesse do serviço, coletar dados e informações necessários à complementação dos exames periciais, participar da execução das medidas de segurança orgânica e zelar pelo cumprimento das mesmas, desempenhar outras atividades que visem apoiar técnica e administrativamente as metas da Instituição Policial, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Etapas do concurso – Perito PF

  1. Prova Objetiva
  • Conhecimentos básicos (50 itens)
  • Conhecimentos específicos (70 itens)
  1. Prova Discursiva

Elaboração de texto narrativo, dissertativo e/ou descritivo, com, no máximo, 30 linhas.

  1. Exame de aptidão física
  • Teste em barra fixa
  • Teste de impulsão horizontal
  • Teste de corrida de 12 (doze) minutos
  • Teste de natação (50 metros)
  1. Exame médico

Aferir se o candidato goza de boa saúde física e psíquica para suportar os exercícios a que será submetido durante o Curso de Formação Profissional e para desempenhar as tarefas típicas da categoria funcional.

  1. Avaliação psicológica

Aplicação e avaliação de baterias de testes e instrumentos psicológicos científicos, que permitem identificar a compatibilidade de aspectos psicológicos do candidato com as atribuições do cargo, visando verificar, entre outros:

  • Capacidade de concentração e atenção;
  • Tipos de raciocínio;
  • Controle emocional (emotividade, segurança, estabilidade emocional, extroversão, vulnerabilidade, entre outros);
  • Relacionamento interpessoal (confiança, altruísmo, ponderação, assertividade, complacência, entre outros);
  • Capacidade de memória;
  • Características de personalidade (senso de dever, autodisciplina, ordem, dinamismo, persistência, entre outros).
  1. Avaliação de títulos

Etapas do concurso – Delegado PF

  1. Prova Objetiva
  • 120 questões
  1. Discursiva

A prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, aborda os objetos de avaliação de Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Administrativo. É composta por duas partes:

  • 3 Questões dissertativas
  • Elaboração de peça profissional
  1. Exame de aptidão física
  • Teste em barra fixa
  • Teste de impulsão horizontal
  • Teste de corrida de 12 (doze) minutos
  • Teste de natação (50 metros)
  1. Exame médico
  2. Avaliação psicológica

Aplicação e avaliação de baterias de testes e instrumentos psicológicos científicos, que permitem identificar a compatibilidade de aspectos psicológicos do candidato com as atribuições do cargo, visando verificar, entre outros:

  • Capacidade de concentração e atenção;
  • Tipos de raciocínio;
  • Controle emocional (emotividade, segurança, estabilidade emocional, extroversão, vulnerabilidade, entre outros);
  • Relacionamento interpessoal (confiança, altruísmo, ponderação, assertividade, complacência, entre outros);
  • Capacidade de memória;
  • Características de personalidade (senso de dever, autodisciplina, ordem, dinamismo, persistência, entre outros).
  1. Avaliação de títulos
  2. Prova oral 
  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo

 

Últimas notícias

Sistema Socioeducativo MT programa edital!

Sistema Socioeducativo MT programa edital!

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso (Sejudh-MT) deve abrir, em breve, concurso público para preencher os cargos de agente e assistente do sistema socioeducativo. De acordo com o secretário adjunto, Enéas Figueiredo, o certame terá como finalidade a formação de cadastro de reserva. “De acordo com a necessidade, vamos chamando os aprovados”, afirmou.

Concurso PF: É AUTORIZADO portaria PUBLICADA no DOU!

Concurso PF: É AUTORIZADO portaria PUBLICADA no DOU!

Foi publicado no Diário Oficial da União na madrugada desta sexta-feira, dia 20 de abril, a autorização do concurso PF. Na portaria também foi confirmada a distribuição das vagas. São 150 para o cargo de delegado, 60 para Perito, 80 para Escrivão, 30 para Papiloscopista e 180 para o cargo de Agente. Confira:

Concurso EBSERH 2018: Saiu Edital! São ofertadas 1.196 vagas para diversas áreas

Concurso EBSERH 2018: Saiu Edital! São ofertadas 1.196 vagas para diversas áreas

Como prometido, o edital do Concurso EBSERH foi publicado hoje, 22 de março. São dois editais divididos pelas áreas Médica, Assistencial e Administrativa que ofertam 1.196 vagas para diversas especialidades em nível médio e superior. As inscrições podem ser feitas dos dias 27 de março a 10 de abril no site da banca Cebraspe. A taxa de inscrição varia de acordo com a área escolhida. As lotações são em nível nacional.

Ver mais notícias